Espera! Quero ver outra coisa!

domingo, 30 de maio de 2010

O Jogo do Anjo E Música


Antes de mais, comprei o Jogo do Anjo!! Fiquei mesmo viciada em Carlos Ruiz Záfon. Espero que este seja tão bom como A Sombra do Vento. :)
Nunca mais entrp de férias!! AAAHHH Estou farta de estar em casa! E por causa disso tornei-me vadia. Em vez de ficar a fazer o meu projecto ao fim de semana, não. Lia Silva só para em casa quando o relógio já vai adiantado. Parece que quanto mais temos que fazer, mais nos apetece 'vadiar'..

Numa dessas escapadelas acabei por assistir, sem querer, a um concerto de uma cantora brasileira que eu desconhecia. Chama-se Clara Ghimel e tem um estilo muito de Blues, Bossa Nova... E como ultimamente ando meia 'viciada' na cultura brasileira fiquei para assistir e gostei..E gostei ainda mais quando soube que o ultimo cd que ela lançou se chama 'Entre Mares' e as musicas são poemas dos nossos poetas Portugueses. Tem Fernando Pessoa, Camões, Florbela Espanca, Sophia de Mello Breyner Anderson entre outros.. A minha canção preferida é a 'Pirata' que é um poema da Sophia. Tentei arranjar o link, mas em vão.. Por isso, ficam só com o endereço do Myspace e se tiverem curiosidade, espreitem 'Pirata' na playlist. Vão gostar :)  http://www.myspace.com/claraghimel 

PS: Finalmente vou ver Skunk Anansie :)


Beijinhos e Abracinhos


Selinhos em liquidação :)


Recebi estes selinhos lindos, magnificos e cheirosinhos da A e da B do blog Leituras de A a B e da Laelany do blog Chá para a Meia-Noite, Muito obrigada .) São muito charmosos, 'viporosos' e coroad 'osos' (glup)

Envio estas beldades para:

Há Luz No Fundo Do Túnel
Sombra dos Livros
Livros ao Vento
A Revolta das Frases
Ao Ler O Livro

quarta-feira, 19 de maio de 2010

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Inspiraçao e oração da Antartida

Há umas semanitas atrás foi a queima..Ora pois bem..O meu quarto acho que nunca andou tanto as voltas..Como uma pessoa não vinha 'direita' da queima, o quarto é que paga..e no dia seguinte não dá para arrumar porque a moleza não o permite..Até me custava andar, ora trepava numa sapatilha, ora deitava um monte de roupa ao chão. Para além da desarrumação existia também o pó...Ele era pó por todos os lados! E embalagens vazias de pipocas e papeis de rebuçados?? Ui.. Era em todos os cantos.. Parecia um autêntico quarto de ciganos (não do cigano com net que possa estar a ler este post, mas aquele cigano que não sabe o que é a net).

A árdua tarefa de limpeza do quarto e extracção de todas as coisas possíveis e imaginarias foi levada a cabo há algum tempo.. Hoje, ao vir do estágio, senti-me realmente inspirada e no auge da minha inspiração, seguida de uma expiração, saiu como que por magia a seguinte obra de arte:


Oh PÓ Todo-Poderoso Que Estás No Tecto!
Não Desças Até Ao Meu Reino!
Mantém As Estantes Imaculadas,
Assim Como Se Tivessem Sido Acabadas De Limpar!
Afugenta A Roupa Dispersa Da Lia E Da Taly!
Rogai Às Preces Da Organização
E Não Nos Deixes Cair Na Tentação Da Desarrumação!
Os Sapatos No Cesto,
A Roupa No Armário;
Carregadores Na Cesta
E O Lixo No Saco,
Agora E Sempre
Até Aos Últimos Dias Da Coabitação!
Perdoa O Nosso Desmazelo,
Assim Como Nós Perdoamos
O Efeito Nocivo Que Tens Sobre As Nossas Estantes,
Mas Livrai-nos Dos Espirros!
Amén.
Ide Para O Quarto Da Alex E Da Luisa
E Que O Cotão Vos Acompanhe.



Agora vocês baixam a cabeça, fecham os olhos,comprimem os lábios e murmuram 'Meu Deus, Lia, que te fizeram?!'

domingo, 16 de maio de 2010

A Sombra do Vento - Carlos Ruiz Zafón


'A Sombra do Vento' é um depoimento de paixão aos livros!
A história é muito original: tudo começa com uma ida ao Cemitério dos Livros esquecidos, onde Daniel escolhe ao acaso um livro no meio de muitos outros igualmente raros e preciosos. Esse livro é 'A Sombra do Vento' escrito por Julian Carax. Intrigado com a grandiosidade e qualidade do livro, Daniel inicia aquilo que começa por ser uma busca inocente. O seu objectivo é encontrar os restantes livros do escritor e descobrir o porquê de tanto mistério envolto em relação a este. Essa busca torna-se incessante e a pouco e pouco vai envolvendo as pessoas que são mais próximas de Daniel.

Adorei este livro desde o inicio. Para além da história ser muito interessante, a escrita é convidativa e os diálogos são muito divertidos! É um livro que enaltece o amor aos livros, aos escritores e revela a sapiência daqueles para quem os livros são a melhor companhia. Podemos contar com vários tipos de escrita e de géneros literários o que o enriquece ainda mais e o torna tão único.

quando cheguei ao fim fiquei triste, nostálgica e cheia de vontade de me deparar com mais livros assim. Mas, principalmente, fiquei com a ideia de ter uma 'relíquia' em casa, um livro digno do Cemitério dos Livros Esquecidos.